Search

Narcisismo

Data da última atualização: 19-Aug-2022

31 minutos lidos

1-Narcissism-a00fad88-2929-4e37-98e0-2b744d9a1fe8.jpg

O narcisismo existe desde os primórdios da humanidade e é reconhecido desde então. A palavra tem origem na Mitologia Grega da narrativa do Narciso que remonta ao século 8 A.C. O diagnóstico oficial é baseado na análise do pensamento psicanalítico que começou com Freud, mas desde então evoluiu nas diferentes escolas da psicologia e suas pequenas diferenças no entendimento do que é um transtorno de personalidade. Um transtorno de personalidade afeta como a pessoa pensa, comporta e interage com os demais.

Narcisismo (ou egoísmo) se caracteriza por uma tendência a agir de maneira autocentrada. Praticamente não existe preocupação pelos sentimentos e necessidades de outras pessoas. Em vez disso, pessoas narcisistas parecem tratar os outros apenas como objetos a serem manipulados.

 

Definição de narcisismo

O que é narcisismo?

De acordo com o Dicionário Merriam-Webster a palavra "narcisismo" tem três significados que estão fortemente correlacionados. O primeiro significado é egoísmo e egocentrismo. O segundo é "Transtorno de Personalidade Narcisista", enquanto o terceiro significado de narcisismo é "amor ou desejo sexual do próprio corpo".

Keith Campbell, um psicólogo americano notável por seus estudos no tema, descreve a definição psicológica do narcisismo como uma autoimagem inflada e grandiosa.

 

Definição de psicologia do narcisismo

O Narcisismo, de forma ampla, descreve a necessidade de autoadmiração, mas é importante entender que um transtorno de personalidade narcisista (TPN) pode impactar e prejudicar significativamente quem sofre dele.

O comportamento psicológico no narcisismo pode afetar diferentes partes da vida, tais como relacionamentos, trabalho, educação ou negócios. Além disso, aqueles que sofrem de tal distúrbio estão geralmente infelizes e desapontados quando não são tratados com a admiração que acreditam merecer. Além disso, as pessoas que sofrem de TPN não sentem que os relacionamentos são satisfatórios. O que afasta os outros de interagirem com elas.

O Transtorno de Personalidade Narcisista é um tipo mais grave no espectro do narcisismo. O TPN é identificado pela ocorrência de dois traços patológicos de personalidade. O primeiro deles é a grandiosidade. O paciente tem sentimentos de privilégio, é extremamente egocêntrico e acredita fortemente que é, sem sombra de dúvida, o melhor do que todos. O segundo traço de personalidade está relacionado ao fato de tentarem sempre chamar a atenção. Os pacientes com TPN farão tudo o que for possível para ficar sob os holofotes e se manterem lá o maior tempo possível.

 

Narcisismo DSM-5

De acordo com o DSM-5 (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais), o Transtorno de Personalidade Narcisista é considerado um padrão generalizado de grandiosidade, presente tanto no comportamento quanto na fantasia do paciente. Além disso, o DSM-5 considera que o TPN existe na forma de uma necessidade constante de admiração, no entanto, sem apresentar empatia. De acordo com o DSM-5, o TPN não pode ser diagnosticado em crianças ou adolescentes, pois começa no início da vida adulta.

Além disso, de acordo com o DSM-5, os pacientes que sofrem do TPN geralmente têm uma sensação elevada da própria importância (o paciente apresenta realizações, habilidades ou talentos próprios que são ilusórios e estão longe da realidade). Também se autorretrata como uma pessoa bem-sucedida, poderosa, inteligente e genial. Pacientes que sofrem de TPN geralmente se consideram únicos, de tal modo que só podem se associar e serem compreendidos por pessoas bem-sucedidas e poderosas.

Eles têm uma necessidade excessiva de serem admirados e acreditam ter mais direitos que as demais pessoas, pois têm expectativas irreais do tratamento que deveriam receber em diferentes situações. Além disso, os pacientes do TPN não têm empatia. O seu comportamento nas relações com os outros é principalmente explorador. Ele se aproveita dos demais para alcançar seus próprios objetivos.

 

O que é narcisismo? O sentido mais profundo

Na tradução em vários outros idiomas além do inglês, a pronúncia de narcisismo é bem parecida. Narcisismo em espanhol é "el narcisismo", em francês, narcisismo é "narcissisme", em italiano, é "narcisismo". A tradução alemã de narcisismo é "Narzissmus". Na maioria das vezes as palavras são escritas e soam iguais nas línguas latinas, mas geralmente têm formas totalmente diferentes no alemão. Contudo, narcisismo é uma das poucas palavras usadas de forma recorrente em alemão que possui uma etimologia comum com seus homólogos de outras línguas.  

Além do fato da palavra narcisismo ser mais ou menos soletrada da mesma forma em várias línguas, também tem o mesmo significado. O sinônimo de narcisismo universal é amor-próprio, enquanto o antônimo de narcisismo é acanhamento, que significa modéstia ou timidez devido à falta de autoconfiança.

É interessante saber que o antônimo de narcisismo é modéstia ou timidez. Ambas as palavras descrevem o comportamento oposto ao narcisismo, que seria a capacidade de ser moderado, a fim de evitar indecência ou impropriedade.

 

Mitologia grega de Narciso

A etimologia da palavra narcisismo aponta diretamente para o período pré-grego. O narcisismo é derivado do antigo Narciso, filho do Deus-rio Cephisus e da ninfa Liriope. De acordo com o terceiro Livro de Metamorfoses de Ovídio, quando criança, esperava-se que Narciso vivesse uma vida duradoura se ao menos nunca descobrisse sua maravilhosa personificação.

Narciso também é reconhecido na mitologia grega como caçador. Enquanto ele vagava pelas florestas em busca de presas, sem se dar conta, partia os corações de todas as meninas que conhecia. Uma das que se tornaram vítimas da aparência de Narciso foi Eco, uma ninfa do Monte Citéron. 

Quando Eco se apaixonou por Narciso, ele a rejeitou como costumava fazer com todas as suas admiradoras. Cheia de tristeza, Eco deixou a vida que conhecia para definhar, tornando-se apenas um som, sempre dependente dos outros. Quando a Deusa Nêmesis ouviu os sussurros de Eco e descobriu a história com Narciso, o fez chegar até uma fonte de água em que o reflexo o permitia ver a si mesmo e descobrir sua própria personificação que incendiava os corações de muitos outros.

Enquanto Narciso se admirava no reflexo da água, ele começou a se amar tão apaixonadamente que derreteu. No lugar onde Narciso se descobriu e desapareceu, uma flor surgiu e hoje em dia é chamada popularmente narciso e cientificamente Narcissus.

5-Narcissism-ac80458a-1831-427e-901e-56e75f86d299.jpg

Narcisismo é uma doença mental?

O narcisismo é uma condição em que se é extremamente egocêntrico sem levar em consideração as necessidades e desejos daqueles ao seu redor. Apesar disso, trata-se de uma doença mental?

Pessoas narcisistas não sofrem necessariamente de uma doença mental. O narcisismo pode ser um traço ou um transtorno mental, a depender da localização em que os sintomas de narcisismo estão posicionados na escala narcisista.

 

Mesmo que eventualmente todo mundo demonstre sinais de narcisismo, aqueles que realmente sofrem de Transtorno de Personalidade Narcisista, no longo prazo, afetarão tanto as pessoas ao seu redor quanto a elas mesmas.

O Transtorno de personalidade narcisista (TPN) é um dos 10 transtornos de personalidade clinicamente reconhecidos e listados na quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) da Associação Americana de Psiquiatria. Pertence ao subconjunto de distúrbios de personalidade do aglomerado B, que são aqueles marcados por um intenso grau de dramaticidade e emotividade. Historicamente, há muito debate em torno da definição exata do TPN, e existem teorias concorrentes sobre sua etiologia e seu tratamento ideal.

 

Transtorno de Personalidade Narcisista

O Transtorno de personalidade narcisista (TPN) é um dos 10 transtornos de personalidade clinicamente reconhecidos e listados na quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5) da Associação Americana de Psiquiatria. Pertence ao subconjunto de distúrbios de personalidade do aglomerado B, que são aqueles marcados por um intenso grau de dramaticidade e emotividade. Historicamente, há muito debate em torno da definição exata do TPN, e existem teorias concorrentes sobre sua etiologia e seu tratamento ideal.

Pessoas narcisistas não sofrem necessariamente de um transtorno mental. Os estudos mostram que o narcisismo está relacionado a fatores externos. A depender dos sintomas, é possível avaliar em uma escala de espectro narcisista o seu nível de narcisismo e se precisa de ajuda médica.

 

Epidemiologia

Todo mundo possui algum grau de características narcisistas. Um grau saudável de narcisismo ajuda uma pessoa a ter prazer nas suas conquistas e satisfação na vida pessoal. Mesmo um grau elevado de narcisismo pode ocorrer neste tipo de situação. A maioria dos adolescentes apresentam características narcisistas como um componente natural e saudável do desenvolvimento e evolução pessoal.

Amostras da comunidade apontaram uma prevalência de 0,5 a 5% de Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) na população norte-americana. Contudo, o transtorno parece ser mais frequente nos serviços de saúde. Nesse caso, a prevalência norte-americana varia de 1% a 15%. 

TPN pode coexistir com outros transtornos mentais, o que torna o diagnóstico mais difícil. Dentre aas comorbidades mais comuns está o transtorno por uso de substâncias. Outros transtornos de personalidades também são frequentes em pessoas com TPN, dentre eles o transtorno de personalidade antissocial, transtorno de personalidade borderline, transtorno de personalidade histriônica, e transtorno de personalidade esquizotípico.

O transtorno de personalidade antissocial é mais impactante negativamente. Há muito debate quanto ao diagnóstico de TPN. Existem basicamente dois subtipos no Transtorno de Personalidade Narcisista, o grandioso e o vulnerável.

Há uma grande diferença relacionada ao gênero no TPN. Cerca de 75% dos pacientes com transtorno de personalidade narcisista são homens. 

 

Tipos de narcisismo

Existem diferentes tipos de narcisismo no espectro do narcisismo e cada um afeta a vida de forma diferente. Muitas pessoas associam o narcisismo a quatro tipos diferentes do transtorno. É importante entender que o narcisismo é complexo e pode se expressar de diferentes formas. Portanto, há mais do que apenas 4 tipos de narcisismo. Aqui apresentamos os oito tipos mais importantes.

  1. Narcisismo saudável é normal e, geralmente, a maioria das pessoas tem. Narcisismo saudável existe no espectro do narcisismo e, enquanto ele se mantém conectado com a realidade, é benéfico. Pois, funciona como um impulso para a pessoa reconhecer seu valor e os seus direitos.
  2. O narcisismo grandioso representa bem o termo narcisismo, a pessoa tem uma necessidade constante de destacar significativamente suas qualidades, como privilégio e auto obsessão. A exibição desses traços de narcisismo é feita muitas vezes às custas dos outros que estão ao redor.
  3. Narcisismo vulnerável é o oposto do narcisismo grandioso. As pessoas com esse tipo são geralmente tímidas e podem ser cronicamente invejosas e hipersensíveis às opiniões dos outros. O narcisismo vulnerável faz com que a pessoa se torne muito defensiva ao ser criticada por outros.
  4. Narcisismo sexual é o tipo de narcisismo em que o indivíduo dá destaque as suas qualidades sexuais. Estudos mostram que narcisistas sexuais são obcecados pelo próprio desempenho sexual e precisam da admiração dos outros. Portanto, são conhecidos como traidores em série e usam o sexo para manipular os outros.
  5. Narcisismo somático é o tipo de narcisismo em que se é obcecado com a própria aparência. O visual é muito importante para o narcisista somático que é extraordinariamente obcecado com o peso e o físico no geral. Eles também criticam outros com base em suas aparências físicas. Claro que narcisistas somáticos se veem mais bonitos, mais fortes e mais aptos do que realmente são.
  6. Narcisismo cerebral é o oposto do narcisismo somático, pois supervalorizam as qualidades intelectuais. Um narcisista cerebral sempre se sentirá mais inteligente e capaz do que os outros. Também tentará fazer com que os demais se sintam pouco inteligentes. Portanto, pode ser difícil para uma pessoa comum ganhar uma discussão contra um narcisista cerebral.
  7. Narcisismo espiritual é o tipo de narcisismo que se expressa através de ações espirituais. O narcisista espiritual se diferencia dos outros com ações sensíveis e espirituais.  
  8. Narcisismo maligno é o tipo mais danoso. É uma mistura de Transtorno de Personalidade Narcisista, traços antissociais e egocentrismo constante.

 

Sintomas do narcisismo

2-Narcissism-0110014b-00e1-40c6-b056-460cb738f30e.jpg

Normalmente, os sintomas podem variar de caso para caso, dependendo do nível de gravidade de cada paciente. Porém, os principais traços do narcisismo são os seguintes:

  • Superestimação da própria importância;
  • Sentimento de privilégio e necessidade de admiração constante;
  • Destaque a uma suposta superioridade apesar da falta de conquistas;
  • Exagero sobre conquistas e habilidades;
  • Preocupação constante com sucesso, poder, genialidade; e de encontrar o companheiro mais esplêndido;
  • Necessidade constante de ser associado apenas às pessoas conhecidas por fazerem parte da elite da sociedade;
  • Desrespeito aos outros no entorno com monopólio da conversa e menosprezo às pessoas que considera inferiores;
  • Expectativa de favores especiais de todos, especialmente pessoas mais bem posicionadas; podem ficar muito irritados quando não são tratados como esperam;
  • Aproveita-se dos outros ao seu redor para satisfazer suas necessidades próprias e obter o que tem em mente;
  • Completa falta de empatia e capacidade de identificar as necessidades e sentimentos dos outros, inclusive do parceiro romântico;
  • Constante inveja de outros que já atingiram os próprios objetivos; pensamento contínuo de que os outros os invejam;
  • Comportamento arrogante;
  • Insistência em ter o melhor de tudo; a pessoa narcisista gostaria de ter o melhor trabalho ou cargo, e o carro mais extravagante que puderem comprar;
  • Acredita ser difícil estabelecer relações interpessoais e facilmente se sente insultado.

Apesar dos sintomas poderem ser identificados por outras pessoas, narcisistas também escondem profundamente seus verdadeiros sentimentos ou emoções. Por exemplo, pessoas narcisistas podem:

  • Achar difícil regular as emoções e o comportamento;
  • Considerar o estresse e a adaptação à mudança como avassaladores;
  • Começar a se sentir deprimidas ou mal-humoradas quando não atingem a perfeição que buscavam;
  • Ter profundos sentimentos de vergonha, vulnerabilidade, humilhação ou insegurança que estão continuamente tentando esconder.

 

Causas do narcisismo

Embora o motivo que leve ao narcisismo ainda seja desconhecido para os pesquisadores, eles o encaixam em um modelo biopsicossocial de causalidade. Deste modo, ao aplicar um modelo biopsicossocial, acredita-se que o Transtorno de Personalidade Narcisista surja na combinação de fatores como ambientais, sociais, da personalidade, da criação, genéticos e neurobiológicos. 

 

Como eu sei se sou um narcisista?

Se você tem sinais típicos de TPN, um especialista em saúde mental, como psicólogo ou psiquiatra, pode te ajudar. Seu psicoterapeuta conversará contigo e aplicará questionários.

Você dirá o que te incomoda. Pensamentos habituais antigos, sentimentos, comportamentos e relacionamentos com outras pessoas será parte dessa conversa. Outros problemas relacionados à saúde mental serão identificados ou descartados pelo seu psicoterapeuta.

 

Teste de narcisismo

Hoje em dia, você pode facilmente descobrir o quão narcisista você é ao fazer um teste de narcisismo online baseado no espectro narcisista. Apesar dos estudos e sistemas por trás destes testes online, o resultado pode não ser totalmente preciso. De qualquer forma, realizar um teste de narcisismo online pode ser útil, pois pode lhe oferecer uma noção do seu posicionamento no espectro narcisista.

Seu psicoterapeuta pode aplicar um teste de personalidade para determinar se você tem características narcisísticas. Esses testes são têm questões que você deve responder de forma fidedigna. Eles conferem ao seu psicoterapeuta um maior entendimento de como você pensa e se sente. Dentre estes testes estão:

  • Questionário de diagnóstico da personalidade – 4 (PDQ-4).
  • Inventário Clínico Multiaxial de Millon III (MCMI-III).
  • International personality disorder examination (IPDE).

 

Narcisismo é genético?

Embora não haja informações suficientes sobre como a genética influencia o desenvolvimento do Transtorno de Personalidade Narcisista, há evidências suficientes para mostrar que o TPN é uma condição psicológica que pode ser herdada de outros membros da família. Os estudos mostram que é mais provável desenvolver TPN se houver histórico médico familiar.

No estudo “A Twin Study of Personality Disorders” (Um Estudo de Transtornos de Personalidade em Gêmeos) destaca-se o fato de que, baseado na taxa de ocorrência de transtornos de personalidade em pares de gêmeos, há uma probabilidade moderada a alta da herdabilidade do TPN. Já o estudo " The Genetic Epidemiology of Personality Disorders" (A Epidemiologia Genética dos Transtornos de Personalidade) destaca o fato de que genes específicos e interações genéticas são fatores altamente contribuidores para o surgimento e desenvolvimento do TPN.

Deste modo, os resultados dos estudos realizados até agora mostram que o narcisismo é genético e que as chances de o herdar são maiores do que apenas desenvolvê-lo pela primeira vez na família.

 

Tratamento para narcisismo

Mesmo que o Transtorno de Personalidade Narcisista geralmente persista por toda a vida, há muitos pacientes que têm mostrado melhorias significativas e sinais de recuperação do narcisismo quando recebem tratamento adequado. Além disso, os cientistas destacam o fato de que alguns eventos da vida real, como novas realizações, fracassos gerenciáveis ou relacionamentos sólidos podem ter um caráter corretivo e poderiam desempenhar o papel de uma terapia para o narcisismo. Além disso, podem levar a melhorias no nível de narcisismo patológico a longo prazo. O que seria considerado uma cura do narcisismo.

Apesar de não haver drogas aprovadas pelo FDA para tratar o narcisismo, muitas pessoas se beneficiam de tratamento para sintomas como ansiedade, tristeza, variação do humor, psicose breve e transtornos do controle do impulso.

Os antidepressivos utilizados incluem inibidores seletivos da recaptação da serotonina e inibidores da recaptação da serotonina e noradrenalina. Risperidona, um antipsicótico, tem ajudado alguns indivíduos. Estabilizadores de humor como a lamotrigina são administrados em alguns pacientes.

Mesmo que não haja nenhum medicamento específico licenciado para tratar o Transtorno de Personalidade Narcisista, os pacientes geralmente se beneficiam daqueles que diminuem os sintomas ou distúrbios concomitantes do eixo I. Os principais medicamentos usados no tratamento do narcisismo são antidepressivos, antipsicóticos e estabilizadores de humor.

 

Terapia cognitiva comportamental

Pessoas com Distúrbio de Personalidade Narcisista aprendem pela Terapia Cognitivo Comportamental como compreender melhor os aspectos do seu comportamento que geram influência nos outros e na qualidade dos relacionamentos. Eles aprendem a transformar a visão que têm errada dos fatos e, assim, tornar-se uma pessoa mais bem ajustada e feliz. Também aprendem a reconhecer suas crenças mal adaptativas, a modificar os comportamentos prejudiciais e a restaurar o controle emocional

O terapeuta cognitivo-comportamental ajuda o paciente a focar nas dificuldades atuais e desenvolver soluções relevantes e significativas. Ele auxilia o paciente a identificar ideias errôneas, atitudes autodestrutivas, e padrões mentais. Então, ajudará a substitui-los por um modo de pensar mais saudável e correto. O paciente aprende deste modo a ajustar o próprio comportamento.

Você não está sozinho se você sentiu muita angústia por conta de um pai, mãe, parente, ou amigo narcisista. A terapia pode te ajudar a redescobrir sua própria voz, ensinar a acreditar no próprio ponto de vista, lidar com sentimentos e ganhar entendimento da situação, e assim, aprender como romper com a angústia e sobrecarga de estar em um relacionamento com um narcisista.

 

Narcisismo e alcoolismo

Os estudos mostram que pacientes diagnosticados com TPN tem maior predisposição a serem diagnosticados com distúrbios concomitantes do eixo I, que inclui transtornos depressivos, que habitualmente podem ser chamados de depressão narcisista, transtorno bipolar, transtornos de ansiedade, anorexia ou mesmo transtornos relacionados a substâncias (que são principalmente álcool e drogas ilícitas, como cocaína). Desta maneira, há muitos casos de narcisismo e codependência.

 

Narcisismo x psicopatia

Embora tanto o narcisismo quanto a psicopatia possam ter características semelhantes, é importante entender quais são as diferenças.

Pessoas narcisistas tendem a se considerar superiores e mais capazes de fazer qualquer coisa. Já aquelas que sofrem de psicopatia não têm a necessidade de admiração e sucesso, elas sentem necessidade de fazer coisas ilegais sem serem pegas. Além disso, uma das principais diferenças entre esses dois é que o narcisista é geralmente barulhento e quer toda a atenção nele, enquanto os predadores sociais, psicopatas, querem que toda a atenção esteja completamente fora deles.

Para entender melhor as diferenças, aqui estão alguns dos pensamentos de uma pessoa narcisista:

  • "Eu me amo, sou muito adorável e você me ama também";
  • "Ninguém é tão bom quanto eu";
  • "Todo mundo deve me apreciar pelo que eu sou";
  • "Todo mundo deve ser leal a mim";
  • "Eu me associo apenas a pessoas de status muito elevado".

Aqui estão alguns dos pensamentos de um psicopata:

  • "Não me importo com os direitos humanos, pois me preocupo mais com os meus direitos pessoais";
  • "Deve haver uma maneira de quebrar as regras e evitar as leis";
  • "Como todo mundo mente, não há mal nenhum em mentir";
  • "As pessoas geralmente são incapazes de ver o que acontece ao seu redor, então merecem o que acontece com elas";
  • "Emoções não existem".

 

Narcisismo das pequenas diferenças

Sigmund Freud surgiu com o termo “narcisismo das pequenas diferenças” a fim de descrever a existência de diferenças entre pessoas de mesmos grupos e territórios que os levam à disputa. Essas tensões que acontecem em relacionamentos íntimos se devem a uma hipersensibilidade aos detalhes das diferenças entre as pessoas do mesmo grupo.

 

Narcisismo em crianças

4-narsizm-6ed4a36b-8fab-434e-b47d-b0065229ac69.jpg

Habitualmente, o narcisismo só pode ser diagnosticado em adultos jovens. Eles até podem apresentar alguns traços narcisistas, de modo que o narcisismo pode começar a se manifestar aos 7 anos de idade.

Os traços narcisistas que uma criança pode ter são:

  • Considerar-se melhor do que as outras crianças ao seu redor;
  • Encontrar dificuldades para fazer amigos e manter as amizades que tem;
  • Necessidade constante de chamar a atenção e considerar ser seu direito fazê-lo;
  • Ser ingrata com aqueles ao seu redor que mostram bondade;
  • Excluir outras crianças de seu grupo com base em razões superficiais, tal como ter um status social mais baixo ou ser pobre;
  • Ter inveja de outras crianças, se acredita que são melhores do que ela;
  • Não ser capaz de assumir a responsabilidade por suas ações e seus efeitos, e não olhar nos olhos de alguém com quem está falando ela;
  • Ele/ela pode muitas vezes ser antissocial e roubar brinquedos dos outros;
  • Apresentar irritação quando dizem o que deve fazer.

Traços narcisistas que aparecem em crianças são praticamente os mesmos que estão presentes em adultos.

 

Mulher narcisista

Os estudos apresentam dados suficientes para mostrar que o narcisismo nas mulheres e nos homens podem ter características diferentes, mesmo que o transtorno de personalidade narcisista afete os dois sexos.

Um dos traços femininos mais comuns do narcisismo é o martírio.   A mulher narcisista mostrará a todos que sua dor é maior do que a de qualquer outra pessoa, assim como seus esforços. Considera-se esse um traço narcisista relacionado ao narcisismo vulnerável.

Em segundo lugar, as mulheres narcisistas tendem a ser mais superficiais à medida que se concentram em ter uma boa aparência física. Elas podem se interessar por criar um personagem específico ou adotar certos valores que consideram fazer parte da construção de uma imagem própria grandiosa.

Além disso, as mulheres narcisistas são mais competitivas e ciumentas do que os homens. Portanto, elas sempre têm que ser a mulher mais bonita, inteligente e bem-sucedida do recinto. Se houver outra mulher competindo com esses traços narcisistas mencionados, a narcisista encontrará maneiras de humilhá-la e tirá-la do grupo social.

Além disso, as mulheres podem se tornar mães arrogantes que, por exemplo, vão à casa dos filhos e começam a reorganizar os móveis, lavar os pratos e as roupas, e realizar outras atividades de controle, como ensinar os filhos sobre a educação dos netos. Isso se deve ao fato de que as mulheres narcisistas consideram que são especialistas na maioria das situações e que são superiores a qualquer pessoa.

 

Como lidar com um narcisista?

Em termos de lidar socialmente com pessoas que têm comportamento narcisista, é preciso entender que pessoas com um senso inflado de si mesmas ou que precisam de elogios constantes podem ser mais do que apenas narcisistas. É importante compreender que o Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) é uma condição verdadeira e é mais do que apenas características narcisistas. Pode ser difícil estabelecer uma relação com uma pessoa que tenha um comportamento narcisista mesmo que não tenha TPN. Há pessoas narcisistas que têm um sentido inflado de si mesmas, precisam de elogios constantes ou não identificam as necessidades dos outros, sem ter TPN. Então, como agir quando é preciso estabelecer um relacionamento com uma pessoa que tem esse tipo de comportamento narcisista?

1. Você precisa entender verdadeiramente um narcisista.

Pode ser difícil não se machucar emocionalmente ao lidar com personalidades narcisistas, visto que são muito encantadoras quando querem. Elas podem armar uma armadilha ao fazer grandes e requintadas promessas, ou ao tentar convencê-lo de quão importantes são as necessidades delas, fatos que o tempo certamente provará o contrário.

É importante enxergar a face real da pessoa narcisista e pegá-la quando estiver com a guarda baixa e fora dos holofotes. Portanto, quando descobri-las mentindo ou manipulando, saiba que elas podem fazer o mesmo com você. Além disso, é preciso entender que não há como mudar a forma como uma pessoa narcisista trata os outros. Tente apenas notar suas verdadeiras intenções e perceba que elas são imutáveis.

2. Mude o foco

Pessoas narcisistas naturalmente procuram os holofotes, não importa qual seja o preço. Elas gostam de manter os holofotes em si mesmas, seja por uma razão positiva ou negativa.

Se você precisa lidar com uma pessoa narcisista, não permita que ela molde sua vida. Como elas são conhecidas por chamarem a atenção, não desista do seu tempo e suas necessidades para satisfazer o narcisista, pois nunca será suficiente.

Sempre tire algum "tempo para mim" e realmente entenda que não é seu dever mudar a maneira como as pessoas narcisistas tratam os demais ao redor. Também é recomendado se lembrar frequentemente dos seus objetivos e desejos próprios, a fim de não ter dificuldades em manter o foco no que importa: você. Dessa forma, será mais fácil manter o controle de sua vida e não permitir que as pessoas narcisistas se infiltrem nela.

3. Nunca baixe a guarda

Se você enfrenta um narcisista, precisa estar preparado para a resposta. Pessoas narcisistas geralmente se vitimizam e tentam tachá-lo como irracional e controlador. Enquanto isso, tentam ganhar a simpatia dos outros. O que conseguem facilmente já que são muito charmosas.

Você precisa defender sua opinião e não se deixar levar pelo comportamento controlador e abusivo de uma pessoa narcisista. Ela tentará te desacreditar logo de cara, se você não se manter firme nas discussões do início ao fim ou se deixar de sustentar sua opinião nas ocasiões seguintes. 

4. Não é "Mea Culpa"

Normalmente, pessoas que têm personalidade narcisista são propensas a se considerarem o mais próximo da perfeição que se pode chegar. Então, se uma dessas pessoas te machucar, é muito provável que negue a responsabilidade e não admita que o fez. Além disso, podem muito bem projetar o próprio comportamento prejudicial em você. Nessas situações, você pode querer aceitar a culpa para manter a paz, mas não deveria se subestimar por causa do ego pervasivo do outro.

5. Tenha sempre uma rede de apoio

Caso você realmente tenha que lidar com uma pessoa narcisista, também deve ter uma rede de apoio feita de pessoas que podem te ajudam a crescer. Afinal, consumir muito tempo em uma relação disfuncional com alguém que tem uma personalidade narcisista pode te esgotar emocionalmente.

Portanto, é sempre bom ter uma rede de pessoas que possam oferecer relações funcionais e criar um ambiente propício para o seu desenvolvimento e florescimento.

Você pode fazer isso ao se inscrever em aulas de algum hobby ou participar da sua comunidade local através de programas de voluntariado ou caridade.

É muito importante se envolver sempre com pessoas que fazem você se sentir bem.

6. Agora, e não depois

É um fato bem conhecido que personalidades narcisistas são boas em fazer promessas em todos os tipos de situações. Também sempre prometem parar de fazer exatamente o que te irrita e mudar para melhor a partir de algum momento. Elas podem até ser muito sinceras quando prometem isso. Contudo, a motivação e as promessas somem depois de conseguem o que querem e precisam.

7. Lembre-se: o Transtorno de Personalidade Narcisista é real

Ao lidar com uma pessoa que sofre de TPN, isso pode ser um problema apenas para você, pois ela pode não identificar a necessidade de procurar ajuda profissional. Esse fato pode realmente afetar seu relacionamento. As pessoas que sofrem de TPN são propensas a outros transtornos de saúde mental ou de personalidade, e até mesmo abuso de substâncias, que podem indicar a real necessidade de atenção médica.

Nessas circunstâncias, você pode recomendar à pessoa afetada que procure atendimento médico, mas tenha sempre em mente que é estritamente responsabilidade dela.

Além disso, não se esqueça que, mesmo que o TPN seja uma condição de saúde mental, não é uma desculpa para comportamentos nocivos.

8. Obtenha ajuda

Lidar com uma personalidade narcisista pode ser exaustivo físico e mentalmente. Portanto, no caso de detectar sintomas de ansiedade, depressão ou qualquer outro sintoma físico inexplicável, você deve fazer uma avaliação médica. Em casos graves, o médico de atenção primária o encaminhará a um especialista para que possa ajudá-lo.

É importante lembrar que você não está só e que deve contar com sua família e amigos para te apoiar em momentos tão difíceis.

 

Narcisismo nos relacionamentos

3-Narcissism-6bfb3ba8-654a-4aa8-9296-fd6f7c9fcca0.jpg

No caso de relacionamentos românticos, você pode estar sempre em uma posição difícil quando o parceiro tem uma personalidade narcisista. Portanto, aqui estão algumas informações que reunimos para te ajudar a descobrir mais facilmente se seu parceiro está sofrendo de narcisismo e como você deve proceder.

1. Os holofotes estão no narcisista

Se seu parceiro tem uma personalidade narcisista, pode não ser novidade para você que o foco das conversas estarão nele. Você pode ter se acostumado com o fato de as conversas serem sequestradas e redirecionadas para ele.

Como é bem conhecido, as pessoas narcisistas têm a necessidade de atenção constante (que também inclui decisões, opiniões, pensamentos ou escolhas que estão a seu favor) e, se não conseguirem, pode haver irritação e ressentimento.

Pessoas narcisistas realmente acreditam que o mundo está girando em torno delas e que tudo tem que ser do jeito que querem. Por outro lado, o que você pensa, suas impressões e opiniões, não têm peso no julgamento do narcisista.

2. Elas podem ser encantadoras no começo

No início de um relacionamento com uma pessoa narcisista você vai passar por experiências que ninguém antes foi capaz de te proporcionar. Você receberá muitos mimos e terá muita afeição e bajulação.

Como o pesquisador Michael Dufner descobriu, pessoas que têm personalidades narcisistas são consideradas parceiras românticas ou sexuais mais atraentes no curto prazo, pois são mais confiantes e charmosas. Essas características do narcisismo as transformam em candidatas mais atraentes.

3. Narcisismo e bipolar

Pode haver uma grande diferença entre seu parceiro no início do relacionamento e aquele com quem estará envolvido depois de alguns meses. Como se sabe, pessoas narcisistas desenvolvem múltiplas personalidades. Você pode descobrir que está lidando com uma pessoa que não tem nada a ver com aquela por quem se apaixonou. Em um minuto, seu parceiro é um amante doce e carinhoso, enquanto logo em seguida, é uma pessoa completamente diferente. Algumas pessoas narcisistas ainda podem oferecer afeto e presentes ao parceiro e simultaneamente o difamar. Isso pode ser assustador e confuso, mas o tempo sempre revelará as verdadeiras intenções.

4. Sem Limites

Ao se envolver com uma pessoa narcisista você pode descobrir que não há limites definidos. Mesmo que haja, ela os ultrapassa sem levar em consideração o dano ao parceiro.

Narcisistas geralmente continuam quebrando as promessas e obrigações que fazem. Pegam empréstimos sem a intenção de te pagar, por exemplo. Tudo isso sem mostrar nenhum remorso.

5. O parceiro narcisista irá isolá-lo

Uma pessoa narcisista desenvolve muitas técnicas através das quais se infiltrará na vida de seu parceiro e a alterará completamente. Um dos métodos utilizados é o isolar das amizades, paixões e até mesmo do trabalho, para que você se torne totalmente dependente.

O narcisista pode te afastar de amigos e familiares controlando e monitorando seu telefone, e-mails e aplicativos de mídia social. Pode controlar o uso de veículos e te afastar dos seus hobbies ou até mesmo pedir que você saia do seu emprego. Portanto, o parceiro narcisista pode te tornar totalmente dependente dele.

Se seu parceiro é narcisista, então você pode ter se acostumado a comentários como: "Eu paguei por este carro, portanto eu decido quando e onde você pode usá-lo!" ou "Por que ficar tanto tempo no trabalho? Eu pensei que você me amava!". Estes são comentários que vão passo a passo te isolar do resto do mundo e conforme as medidas mencionadas anteriormente, o parceiro narcisista fará você perder sua própria identidade ao te transformar em uma versão diminuída e enfraquecida de você mesmo.

6. Total falta de empatia

Nas relações narcisistas, não existe a compreensão entre parceiros, bem como a capacidade de expressar livremente qualquer sentimento, desejo ou objetivos.

A empatia do narcisista é inexistente. Sabe-se e estudos demonstram que as pessoas narcisistas têm total falta de empatia, pois é um dos principais traços do narcisismo. Então não espere por qualquer empatia de uma pessoa narcisista.

Devido à necessidade constante de ser procurado, o parceiro narcisista pode parecer e atuar como se quisesse o melhor para o seu relacionamento, mas a verdade é que está preocupado apenas com seus próprios fins. Portanto, como o narcisista é muito egocêntrico, suas decisões terão os melhores resultados para ele próprio, desconsiderando o bem maior do casal.

7. Outra realidade

Um exemplo de narcisismo nas relações é que o parceiro que sofre de TPN se considera melhor do que ninguém. O parceiro que sofre de TPN nem sequer é capaz de se imaginar sendo igual a outra pessoa e acredita que é superior em todos os aspectos. O que o torna incapaz de experimentar o amor.

8. Pessoas narcisistas são inflamáveis

Como já mencionamos, o parceiro narcisista é muito egocêntrico e quando as coisas não saem conforme o esperado – você discorda fortemente dele, ou ele não está recebendo toda a atenção – ele pode facilmente se sentir e ter dificuldades em lidar com as críticas. Assim, pode ficar rapidamente irritado e impaciente quando não recebe o tratamento que considera que tem direito.

9. Paredes ao redor

Devido aos sintomas do narcisismo, o parceiro que sofre dessa doença é mais propenso a construir muros ao redor de suas emoções, inseguranças, medos ou vergonha. Como continuamente tem a necessidade de ser superior, as paredes não cairão.

O parceiro narcisista é incapaz de mostrar sua verdadeira vulnerabilidade e se retratará continuamente como uma pessoa poderosa. Nas relações íntimas, este pode ser um jogo de gato e rato, pois o parceiro narcisista criará armadilhas para chamar a atenção, mas quando você se aproximar, irá te afastar.

10. Falta de responsabilidade

Se você está em um relacionamento com uma pessoa narcisista, deve saber que quando se trata de algo positivo seu parceiro vai levar todo o crédito e elogios por isso.

Infelizmente, se houver algo negativo, nunca vai ouvir seu parceiro dizendo que tem a ver com isso. Seu parceiro vai se fingir de magoado caso alguém insinuar que ele tinha qualquer responsabilidade pelo resultado negativo. Além disso, o parceiro narcisista desviará, evitará e negará qualquer responsabilidade relacionada ao resultado indesejado e culpará os outros por tudo.

11. Status antes de qualquer outra coisa

É necessário entender que ao estar em um relacionamento com uma pessoa narcisista, ela é obcecada por poder e sucesso, e fará qualquer coisa para projetar seu status para os outros. Infelizmente, seu parceiro narcisista vai ficar muito ciumento ao ver pessoas atingindo metas. Além disso, poderá acusar outros de ter inveja pelo que ele já tem, incluindo você. Por isso, esteja sempre preparado para se tornar um alvo de seus ataques.

Há uma grande dicotomia entre o que o narcisista sente no fundo e os sentimentos e emoções que ele permite atingir a superfície. O narcisismo bipolar é composto por duas personalidades: a autêntica (a personalidade que experimenta o ciúme, neste caso) e o ator (a personalidade que vende ao público todas as qualidades que têm – fantásticas ou reais).

Devido à sua divisão de personalidades, pessoas narcisistas veem o mundo em preto e branco. Portanto, de acordo com uma pessoa narcisista, o mundo é dividido em vencedores e perdedores.

Pesquisadores descobriram que quando uma pessoa narcisista considera que há ameaças ao seu próprio ego, ela fará qualquer coisa para eliminar o risco. Qualquer pessoa narcisista sente uma necessidade constante de não ser vista como fraca ou derrotada. Isso significa que uma pessoa narcisista é capaz de pagar qualquer preço para garantir esses valores, inclusive prejudicar seu próprio parceiro romântico.

12. Relações narcisistas – um dos parceiros é um manipulador

Você deve estar plenamente ciente de que está vulnerável a um jogo de manipulação em um relacionamento com uma pessoa narcisista. Além do mais, seu parceiro narcisista é um especialista em termos de manipulação.

Apesar das pessoas geralmente serem capaz de identificar quando alguém está tentando manipulá-las, deve-se ter muito cuidado ao lidar com um narcisista. Eles têm técnicas muito desenvolvidas e furtivas de jogar com os outros ao seu redor, especialmente o parceiro.

Pessoas narcisistas manipulam os parceiros através de dois métodos. Fazer zombarias com ele é um destes. Eles vão falar em voz alta algumas verdades feias sobre você na frente dos outros e, em seguida disfarçar usando frases como "foi apenas uma piada, dá para não levar tão a sério?" ou "eu só falei o que todo mundo estava pensando". O outro método que eles usam para manipular seu parceiro é desempenhar o papel da vítima. Toda vez que você começar a explicar o que sente a respeito de discussões de relacionamento, seu parceiro narcisista irá te contrariar com frases que te deixarão sem palavras. Seu parceiro narcisista lhe dirá que você é quem sempre começa as discussões, que só quer expor os defeitos dele, além de nunca olhar para si mesmo e reconhecer seus próprios defeitos. Um dos defeitos que seu parceiro narcisista apontará é que você é uma pessoa manipuladora. Todos esses argumentos vão transformar a discussão e o parceiro narcisista se tornará a vítima, enquanto você será marcado como a pessoa "ruim".

Além disso, as pessoas que são diagnosticadas com TPN também sofrem de gaslighting. Se não reconhece o termo, gaslighting (manipulação) é uma categoria de abuso emocional ou mental que pode ser muito prejudicial a longo prazo. É um processo pelo qual a pessoa narcisista vai te fazer duvidar de si mesmo o máximo possível, a fim de que se torne totalmente dependente dele. Isso pode te deixar com cicatrizes emocionais e mentais, incluindo confusão mental, sentimento de desamparo, incapacidade de decidir, falta de memória, TEPT, ansiedade, depressão, e até te fazer levar mais em consideração as opiniões de outros do que a sua própria.

Ao sofrer gaslighting em um relacionamento, há três estágios. O primeiro é representado pela descrença. Você não deixa seu parceiro se infiltrar em sua realidade e mudar sua perspectiva. Na segunda etapa, você vai começar a se defender. Quanto mais gaslighting sofrer do seu parceiro, mais e mais você vai tentar defender o seu ponto de vista. Então, encontrará argumentos lógicos que contrariam as opiniões de seu parceiro narcisista, mas tentará jogar limpo e se colocar no lugar dele. Mudar seu ponto de vista pode aumentar a propensão de concordar fortemente com as opiniões do seu parceiro narcisista e discordar totalmente das suas próprias. Isso pode te levar ao terceiro estágio de gaslighting – depressão. Quanto mais gaslighting você sofre, mais insegurança terá. Quanto mais começar a questionar sua própria realidade, mais assumirá a perspectiva de vida do seu parceiro narcisista como a correta.

Como mencionado anteriormente, o gaslighting pode ser prejudicial a longo prazo e você pode experimentar a síndrome da vítima do narcisismo. Além disso, os efeitos do gaslighting permanecerão, mesmo que seu parceiro narcisista rompa com você.

13. Quanto tempo dura o relacionamento romântico?

Pode ser muito difícil terminar um relacionamento romântico com uma pessoa narcisista. Normalmente, um parceiro narcisista vai levar todo o seu amor, dinheiro e autorrespeito. Uma vez que você se tornar inútil, te dará um fora. Se você tentar se separar do seu parceiro narcisista, antes dele te considerar inútil, deve se preparar para sofrer pressão para voltar à relação. Ele usará qualquer truque que for necessário para alcançar os objetivos pessoais dele.

14. Narcisismo, sem contato

Se você realmente quer terminar com um narcisista você não deve ter nenhum contato com ele ou ela. Isso significa que você não deve:

  • Ter algum encontro;
  • Sair junto em grupos;
  • Manter a amizade;
  • Aceitar presentes;
  • Falar ao telefone, nem em chamadas, nem por mensagens;
  • Conectar-se em qualquer mídia social.

Além disso, se você realmente precisará esquecê-lo. Não deve pensar nele ou inventar desculpas para seu comportamento. O narcisista não deve ser um assunto de discussão com seus amigos.

 

Narcisismo no Reddit

Se você quiser perguntar ou apresentar algumas informações interessantes sobre narcisismo, confira o reddit, pois é um fórum onde as pessoas compartilham informações encorajadoras.

 

Conclusão

O Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) é um transtorno de personalidade marcado por um senso exagerado de importância pessoal, uma necessidade profunda de adulação, e falta de empatia com os outros. Pessoas com TPN geralmente tem uma autoestima elevada e frágil, além de serem incapazes de lidar com a mínima crítica apesar da confiança que aparentam ter.

A terapia cognitiva-comportamental é baseada em técnica e prática, nela são determinadas “tarefas para casa” que ajudam o paciente a usar as habilidades que adquiriram com o tratamento

Se você já amou alguém com Transtorno de Personalidade Narcisista, seja isoladamente ou associado a outros problemas como abuso de substância ou doença mental, encontrar um terapeuta cognitivo-comportamental ou um programa de recuperação que use uma terapia altamente efetiva pode ajudar a restaurar a saúde mental e melhorar a qualidade de vida dessa pessoa amada.

Artigos

Outros artigos